Notícias

Amazon Desenvolve Um Robô Capaz De Trabalhar Com Pessoas

Hoje, 22 de junho, os funcionários da Amazon revelaram oficialmente seu primeiro robô totalmente autônomo, o Proteus, que já está em uma missão – movendo grandes carrinhos de várias mercadorias em um armazém. Além disso, os especialistas da empresa dizem que seu novo robô tem um recurso importante – ele não executa tarefas em áreas restritas especiais como antes, mas em um espaço de trabalho comum com trabalhadores humanos. Ao mesmo tempo, o robô se move com cuidado e não coloca em risco a segurança de outros funcionários do armazém.

Para isso, engenheiros da Amazon integraram diversas tecnologias no robô, que são responsáveis ​​pela segurança do movimento, pelo reconhecimento de objetos na trajetória de movimento do Proteus e pelo sistema de navegação espacial. Por isso, a novidade usa vários sensores para escanear o espaço à sua frente antes que comece a se mover, enquanto emite uma luz verde na parte frontal do gabinete.

Se não houver obstáculos, o robô começará a se mover ao longo da rota pré-compilada, mas se alguém (ou qualquer outro obstáculo) bloquear seu caminho, o dispositivo parará imediatamente.

De acordo com funcionários da Amazon, o Proteus só continuará se movendo depois que uma pessoa deixar sua rota, para que você não precise se preocupar com a segurança. Além disso, graças a um sistema tão avançado, o robô oferece às empresas muitos cenários para automação de trabalhos – por exemplo, o Proteus pode mover os carrinhos não automatizados usados ​​nos armazéns da Amazon para transportar pacotes de caixa em caixa. Agora, a empresa acredita que esse tipo de robô será usado para automatizar o processamento de embalagens em centros de triagem, o que agilizará bastante o fluxo de trabalho.

Claro, a Amazon fez uma declaração oficial de que usar robôs para transportar pacotes em armazéns não levará a demissões – a empresa não planeja substituir empregos humanos por robôs. Um engenheiro da Amazon chegou a afirmar que, na realidade moderna, substituir humanos por robôs é simplesmente impossível porque a tecnologia não permite que toda a cadeia de ações seja realizada. Os robôs, por outro lado, já carregam carrinhos, e o que acontecerá em cinco a dez anos é uma questão em aberto.

Renan Ribeiro

Sou Técnico de Sistemas Informáticos, contudo, a comunicação é a minha grande paixão. Escrevo há anos, e estou sempre tentando me manter atualizado com o que está acontecendo no mundo do SEO. Atualmente sou o redator do blog Rede Ardente.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo